Quem começou a usar computadores lá na década de 1990 deve ter passado algumas horas jogando Paciência e as suas derivações. O que eu não sabia na época, e só descobri pouco tempo atrás, que lá fora o Paciência se chama Solitaire.

Apesar de famoso, não há muito o que inventar com Paciência, certo? Você vai ter algumas colunas com a primeira carta virada para cima e as outras viradas para baixo e seu objetivo é conseguir formar quatro pilhas de cartas, separadas pelo naipe, do ás até o rei. Algumas outras formas apenas pede para eliminar as pilhas de cartas.

Solitairica pega essa jogabilidade simples e deixa mais interessante. Ele coloca alguns elementos encontrados em jogos de rpg, com uma forma simples e gráficos interessantes.

Você é um guerreiro que chegou nas terras de Myrriod. Esse lugar é governado pelo tirano Imperador Stuck e sua missão é salvar essa terra. Antes de começar a partida, você deve escolher qual será a sua classe e a partir disso aparecerá algumas opções de evolução para comprar. Inicialmente só tem a classe “guerreiro” disponível e os upgrades e outras classes você poderá comprar com moedas do jogo.

As cartas possuem quatro habilidades: ataque, defesa, agilidade e força de vontade. A cada carta que você tira das pilhas, elas dão um ponto nessa habilidade, permitindo que você use magias. Você pode comprar as magias antes de enfrentar cada inimigo, mas há um limite de seis magias, logo, se você comprar mais que isso, ela fica guardada no seu inventário. Antes da batalha, há umas dicas de poderes dos inimigos, então pode ler isso primeiro e depois comprar as magias e upgrades.

Além disso tudo, também há a possibilidade de evoluir o seu baralho, dando poderes especiais a algumas cartas. Tudo isso, claro, com dinheiro que você pega dentro do jogo.

O divertido é que a cada partida não há como saber se vai ser fácil ou difícil enfrentar cada monstro, pois as cartas são distribuídas de forma aleatória. Houve partidas que passei de um monstro com facilidade e outras que o mesmo monstro me matou bem rápido, pois não saia uma sequência boa de cartas e a minha estratégia foi uma porcaria.

Solitairica está disponível para android, ios e na steam. Nas versões para celulares você pode baixar de graça, mas tem que aguentar umas propagandas chatas (que dá para remover, caso você compre o jogo). Já na steam ele custa R$ 19,99. Eu estou jogando a versão para android e estou adorando. Solitairica não quer reinventar o clássico Paciência, mas torna ele bem mais divertido e atraente.