Há muito estou sem praticar o ato da escrita criativa, ou simplesmente escrever um conto, microconto ou prosseguir com a ideia da história que estou desenvolvendo.

O processo de escrever, apesar de muitos acharem, não é questão de inspiração. Tem muito trabalho, exercício e imaginação. Além de invariavelmente ter de gostar de fazer isso. Imagine escrever um livro, um conto que seja, se você detesta escrever? Imagine então se não gosta de ler. Como poderia escrever se o produto que estou desenvolvendo nem eu gosto?

Desde sempre eu sinto dificuldade de começar uma história. A primeira palavra, a primeira cena, a primeira sensação ou pensamento. Nada fica bom, tudo parece forçado. Já perdi a conta de quantos começos apaguei simplesmente por não aparentarem ser ao menos apresentável. Então acabo fazendo algo do meio para trás. Mesmo assim não fica muito bom, mas dá para apresentar.

Poesia então? Território árido. Comecei a compreender melhor a poesia após algumas matérias na faculdade. Nunca tinha ido além do “é bonitinho” ou “rimou”. Sem contar a clássica manobra de fazer cara de paisagem como quem teve uma epifania contida e dizer que é muito bom. Há o que se analisar, além da plasticidade, que também é coisa para se ver.

Dessa forma, gostaria de pedir a ajuda de vocês. Pedir tema para conto, texto, poema ou qualquer outro tipo de texto (escrito). Com sua ajuda, poderei exercitar ainda mais minha imaginação, pois quem não gosta de um desafio?

Até amanhã.