picsart_12-01-04-36-41

Olá pessoal!

Como já é tradição no blog, começamos mais um Michel Contra o Papel, projeto este que consiste em uma postagem por dia durante um mês inteiro. 

Assuntos aleatórios, pessoais, poesia, contos e tudo mais que for espontâneo e sem pretensão alguma de ser algum compêndio literário ou acadêmico. A mais pura e fina arte do blablaismo é que será praticada aqui.

Não se espantem se tivermos mais de um texto por dia no blog, já que o projeto ocorre independente de postagens dos outros colaboradores e do síndico do blog. Portanto, queridos colegas colaboradores, prossigam com as postagens normalmente. Inclusive, caso queiram propor algum desafio, estou às ordens. Inclusive sugestões de pautas pelos leitores também serão bem-vindas.

Como podem perceber, não fui uma pessoa muito produtiva no blog, e juro que não é por falta de vontade, e esse projeto é uma tentativa de produzir conteúdo, exercitar minha mente e criatividade. Mesmo tendo perdido para o papel apenas na primeira tentativa, pretendo aumentar minha vantagem dessa vez e espero que ele não leve a melhor de novo. Esse ano não foi totalmente ruim, mas também não foi dos melhores e talvez eu aborde algumas vezes alguns aspectos pessoais em alguns posts que comporão o desafio.

Mas talvez vocês se perguntem por que diabos a quarta vez é a mais louca? A razão é muito simples. Diferentemente dos anos anteriores, a edição desse ano não durará um mês, mas sim dois. É ISSO MESMO QUE VOCÊ LEU! Até o fim de janeiro vocês terão uma postagem, minha, por dia. Isso é bom?, isso é ruim? Não sei, mas tentarei escrever com a mesma qualidade (?) que tenho mantido ao longo dos desafios, então esse é o post inicial e meio trapaceado de abertura onde já contabilizamos o primeiro post.

Até amanhã.