Nos últimos dias eu estava pensando no que escrever aqui no blog, já que ele ficou um bom tempo sem atualização. Juntou muitos eventos em um período só, então ele acabou ficando em segundo plano. Alguns assuntos me vieram a mente, talvez eu escreva sobre eles, mas agora pretendo me focar em um apenas.

Em como perdi minha vontade de assistir filmes de super-heróis.

Esse ano eu fui ao cinema ver três filmes desse gênero: Batman v Superman, Capitão América: Guerra Civil e X-Men: Apocalipse. E em nenhum deles eu sai com aquela sensação boa de ter assistido um bom filme. Eu sai com a sensação quase nula. Exceção para Batman v Superman, que eu sai com raiva.

time-do-capitao-america-no-filme-guerra-civil-original

Teve algumas cenas bacanas, mas não chega a ser memorável.

Ir ao cinema não é uma atividade ruim. Você sai de casa, se encontra com pessoas que você gosta da companhia – ou já saiu de casa com sua companhia – compra umas pipocas, espera na fila e assiste um filme. Nesse tempo que fica dentro da sala do cinema, você vai deixar conversas e celular de lado (pelo menos as pessoas mais educadas) e vai se concentrar em assistir um filme. Durante a exibição talvez você deixe escapar uma ou mais comentários em um volume mais alto, o suficiente para a pessoa do seu lado ouvir. Ao fim disso, você sai da sala satisfeito e comenta sobre o filme com quem está te acompanhando.

E tudo isso deveria ser uma atividade prazerosa, certo? Não foi o que eu senti depois de sair dos três filmes citados lá em cima. Eu sai com uma sensação de que aquele momento que eu passei dentro da sala poderia ser facilmente substituído por alguma outra coisa e daria no mesmo.

Pensando porque eu sai dessa forma e como isso me desanimou a ir ao cinema assistir outros filmes desse gênero, cheguei em alguns pontos.

O primeiro é que eu estou um pouco saturado disso. Veja, agora podemos ver nossos heróis e heroínas tanto no cinema quanto em séries. Só neste ano eu assisti 4 filmes e 5 séries! É muita coisa para algo que antes saia apenas nos cinemas. Eu sei que isso é excelente para quem gosta de super-heróis, afinal, antes não tínhamos nada e agora temos muitas opções. Mas analisando com calma, vai ver que são medianas em sua qualidade. Essa segunda temporada de Flash foi um repeteco da primeira, já a quarta de Arrow foi horrorosa! Supergirl teve medo de ousar com a personagem. Demolidor foi razoavelmente boa, mas a primeira ainda teve uma história melhor. X-Men e Capitão América foram filmes ok e BvS foi uma bosta.

maxresdefault

Que filme bosta! Só a Mulher Maravilha prestou de fato!

O segundo ponto são as noticias. E, em sua maioria, são noticias que te deixa com uma pulga atrás da orelha, ao invés de uma vontade maior de ver os filmes. De escolha de diretor até regravações de última hora porque os executivos resolveram mudar o ritmo do filme. Isso vai minando a sua vontade de assistir aqueles personagens que você gosta de ler nos quadrinhos.

O terceiro ponto são as criticas. Eu costumo ler criticas de alguns sites que gosto. E, em sua maioria, não estão escrevendo bem sobre esses filmes. Eu sempre tenho a impressão de que, ao fim desses textos, vou ler um “olha, se você não tem nada melhor para fazer, vai assistir. Vai que você se diverte, né.” Se é assim, prefiro esperar entrar no catalogo do Netflix ou usar um torrent de qualidade.

Tinha tanto potencial, mas parece que estragaram tudo.

Por isso não vou ao cinema assistir Esquadrão Suicida. Não nos cinemas. E provavelmente nenhum outro filme desse tipo até o fim desse ano. Não sei se eu estou certo ou errado (deixe aí nos comentários o que você acha).

Mas Star Wars: Rogue One eu faço questão de ver no cinema. Mesmo com a noticia de refilmagem. Afinal, é Star Wars, né.