socialcomics

Agora em setembro estreou o Social Comics, que podemos comparar como um Netflix para as histórias em quadrinhos. Está disponível para android, ios e web.

Não espere encontrar – ao menos por enquanto – histórias da DC e da Marvel. Você vai ver um catálogo cheio de histórias de artistas independentes e até mesmo exemplares da revista Mundo dos Super Heróis (eu nem sabia que existia essa revista).

Outro detalhe interessante é que pelo aplicativo você pode baixar e ler offline os quadrinhos que te interessou mais. Apesar dessa vantagem, o que me incomoda é que a leitura não é tão agradável em celulares de telas pequenas. Não sei se é somente o meu aparelho (um moto g de primeira geração), mas as vezes eu tento ampliar, a imagem aumenta e depois volta ao original. Já quando uso o tablet esse problema diminui um pouco. Acredito que a leitura ideal é um tablet de 10″ (o meu é apenas de 7″) ou no computador. Não sei se é possível, mas seria interessante ter uma forma de deixar os quadrinhos melhor adaptados para telas de celulares.

Outra possibilidade é que você pode adicionar amigos e ver o que eles estão lendo ou o que favoritaram. Basta digitar o apelido da pessoa. O meu é “wag”, pode me adicionar lá a vontade. Pena ainda não ter uma integração com Facebook e twitter, espero que adicionem isso.

O preço da assinatura é de R$19,99, com 14 dias grátis para usar. Não acho caro, afinal, tem muitos títulos bons no acervo e ainda está expandindo. É só uma questão de mais editoras e autores abraçarem a causa.

Enfim… eu gostei muito e estou otimista com o Social Comics, ainda mais porque possibilita encontrar bons autores que dificilmente eu conseguiria achar em bancas ou lojas especializadas. Seria bacana conseguir um acordo com a DC e Marvel para permitir a publicação de histórias que não vão sair em encadernados ou mesmo histórias mais antigas. Quem sabe, né?