Não sei se já disse isso alguma vez, mas este blog nasceu porque no final de 2006 eu levei um pé na bunda.

E por muito tempo eu escrevia aqui o que me dava na telha. Sobre qualquer coisa. De pensamentos doidos, passando por descrever o que eu comi/assisti/li/ouvi até em desabafos sentimentais. Ou seja, só blá blá blá (por isso o nome do blog).

Mas de dois anos para cá eu tentei deixar aqui com uma cara mais moderna, deixar de lado os sentimentos para escrever mais sobre cultura pop ou percepções da realidade. Fiz isso para tentar aumentar a audiência, conseguir alguma grana e para que as pessoas pararem de falar que eu estava me expondo demais na internet.

Ok.

Porém isso foi um erro. A vontade de escrever aqui foi diminuindo, a audiência não aumentou, nunca entrou dinheiro… enfim, o blog foi perdendo a característica inicial. Some a tudo isso o fato de que várias coisas começaram a acontecer na minha vida: fui efetivado no trabalho, entrei no mestrado, minha carga de trabalho aumentou e otras cositas más.

Neste ano a vontade de talvez matar isso aqui começando a crescer. Conversando com o Michel Souza (que escreve aqui as vezes) e com a minha noiva Marcia, percebi que não posso deletar o blog, já que ele faz parte do meu ser. Mas preciso tornar aqui um espaço agradável de novo. Um lugar que eu goste. E que, talvez, vocês também gostem.

Foi por isso que mudei de novo a fuça daqui. Deixar mais fácil de acessar os textos. Dar preferência a escrever aqui do que escrever no facebook. Não deixar pesar muito o fator “o que as pessoas vão pensar” e sim “putz, que vontade que me deu de escrever sobre tal coisa”. Enfim, o retorno as origens que me é tanto necessário.

Por isso, termino este texto dizendo o seguinte: Seja bem vindo! =)