Assisti um filme (“Everything is Illuminated”)  nesse fim de semana que me fez pensar, e lembrar, que os pequenos fatos do cotidiano, em conjunto, é o que faz a vida se tornar inesquecível.

Bom é um filme antigo (2005), sobre a busca da história de vida do avô de Jonathan (interpretado por Elijad Wood). Nessa busca pela Ucrânia, ele procura guardar (fisicamente) todos os objetos que marcam sua memória.

Um filme muito bom para lembrarmos que o mais importante são os pequenos momentos, afinal: todas as coisas são iluminadas!

Ah, a trilha sonora é muito boa também.