FROZN_009H_G_POR-BR_70x100_.indd

Férias: sinônimo de filmes animados…além de gostar do gênero, ainda gosto muito de levar meu sobrinho (de 6 anos) ao cinema. Como em todas as férias, essa não foi diferente.

Fomos assistir Frozen. A escolha foi feita em cima das opções disponíveis no cinema de Rio Claro (e no caso, era somente esse desenho animado que estava em cartaz!). Nunca tinha ouvido falar, e depois que decidimos fui avisada que seria um musical, bem nos moldes da Disney.

Bom, o filme realmente é Disney (musicas épicas de princesas, guerras, castelos, magia, etc), mas o que mais me chamou a atenção foi o desfecho da história (se você não gosta de saber o final antes de assistir, não termine de ler!). Não se trata de mais um filme sobre príncipes e princesas, o amor entre eles e o final romântico e feliz. Trata-se sim da temática AMOR mas com destaque ao verdadeiro amor entre irmãos. Isso realmente me deixou surpresa.

Além de toda a história mágica e fantástica da Disney (com melodias realmente bonitas), o desfecho do enredo me surpreendeu. Talvez os contos de fadas, de princesas em perigo e somente os príncipes que poderão salvá-las já não seja mais interessante. Mudança na sociedade? Resgate dos laços familiares? Talvez….só sei que se você conseguir terminar de assistir o filme verá uma transformação na temática principal.

Obs: É preciso paciência (e muita!) para assistir….meu sobrinho já queria ir embora antes do fim do filme…=)