hobbit texto

Desde que tomei gosto pela leitura, descobri que muitos filmes dos quais eu gostava, haviam sido inspirados por livros. A relação filme versus livros sempre gerou muita polêmica, pois há quem odeie as versões cinematográficas dos seus livros favoritos e quem releve. Raríssimas pessoas adoram os mesmos.

É tão raro que assistimos uma película que retrate uma obra literária com máxima fidelidade, que sempre observamos com esperança e desconfiança a produção. Também pudera, é praticamente impossível transcrever um livro de quatrocentas páginas em um único filme. A diferença da linguagem entre as mídias não possibilita tamanha fidelidade entre as mesmas. Temos como exemplo claro o último filme da saga Harry Potter, divido em dois e também O Hobbit que de um único livro teremos três lindos, logos e maravilhosos filmes.

Mas tem filmes tão mal aproveitados como Percy Jackson e o ladrão de raios e Eragon. Um foi uma total deturpação da história enquanto o outro me cheira a orçamento estourado. Isso para não mencionar as péssimas adaptações de games para as telonas.

Por essas e outras que eu prefiro ver o filme antes de ler o livro, para que eu não me decepcione demais. Mas sejamos justos, como mídias bem diferentes, o livro tem a oportunidade de ser bem mais detalhado e trabalhar mais a nossa imaginação do que o filme que já nos entrega pronta o ponto de vista do diretor/autor/roteirista.

Portanto, conselho de amigo: assistam o filme primeiro para despertar o interesse pela obra. Ou não.

Até amanhã.