Há muito tempo, numa galáxia muito distante um texto foi escrito pelo Danilo (com a minha contribuição) no nosso antigo blog.

No texto citado enumerávamos os motivos para se gostar de pessoas de ossos largos, cheios de amor no coração, além de veia entupidas de bacon.

O mais legal dessa história toda é que esse texto, publicado em 11/03/2010,  até hoje recebe comentários esporádicos de (em sua maioria) mulheres que concordam e acrescentam o porquê de gostar desses seres rechonchudos.

O que me levou a trazer à tona esse texto, foi o comentário que recebi em minha caixa de email e que percebi nesse momento que a autora deletou-o. Claro que não vou identificá-la mas transcreverei:

“Gordinho é tudo de bom eu não troco por um bombadão … concordo com o texto acima, é fiel, carinhoso, abraça, beija gostoso, dedicado a realizar todos os desejos… faz amor com ternura e intensidade, me realiza,completa me fascina!!!”

É muito legal ver um texto escrito há tanto tempo ainda repercutir dessa forma. Tudo bem que possivelmente tem muitos paraquedistas de google por lá, mas mesmo assim, depois de quase três anos ainda recebemos comentários das felizes proprietárias de homens “fortinhos”.

Geralmente os homens com abdome avantajado, são mais carinhosos. Assim com os sentimentos bem definidos, não pensam duas vezes antes de demonstrarem seu amor pelas moçoilas afortunadas.

Ainda mais agora que comecei a jogar rugby, sei que os gordos têm vez! Mesmo com esse corpinho enorme, posso ser considerado atleta, mesmo que eu não esteja muito em forma ultimamente (o que estou tratando de melhorar na academia).

Beijos do gordo.

Até amanhã.