Olá, pessoal. A primeira resenha do post é sobre o primeiro livro de 2013.

Em Morte Súbita, Rowling novamente nos traz uma trama bem amarrada, sem furos. O início do livro é lento e demora a engrenar. Mas contar a história da cidade de Pagford se faz necessária para entender a rixa existente entre seus moradores e também entre seus representantes. E depois que a história ganha ritmo, não dá mais pra largar o livro.

São muitas personagens (bem construídos, diga-se de passagem), contando a história a partir do seu ponto de vista. E de uma maneira ou outra, essas personagens se relacionam com o falecido Barry Fairbrother. A morte dele em si não apresenta grandes mistérios.  As vidas que são afetadas por sua morte é que movimentam a história. E quando um novo personagem – nem tão novo assim – aparece fazendo grandes revelações sobre os moradores da cidade é que o livro ganha ritmo

Temos muita politicagem, pessoas com caráter falho, especulações sobre a vida alheia, adolescentes em guerra com os pais e os mesmos adolescentes descobrindo a paixão, bullying, violência doméstica, sexo, consumo de drogas  e muito palavrão. Ou seja, JK Rowling quis se desvencilhar de vez do infanto-juvenil.

O final do livro é perturbador e deixou a história mais verossímil ainda e fez algumas lágrimas brotarem nos meus olhos, quando me dei conta de que aquele final é mais corriqueiro do que a gente imagina.

A ansiedade em ler o novo livro da aclamada autora de Harry Potter me fez devorá-lo rapidamente, considerando meu ritmo de leitura que é bem lento. Uma dica: leia-o totalmente sem expectativas, nada de esperar um best seller. Só assim você não se decepcionará. Foi o que aconteceu comigo. Embora tenha gostado da história, nenhuma personagem é cativante, não cheguei a me identificar com nenhuma delas a ponto de torcer por sua redenção. Aliás, foram poucos os que tiveram um bom final. É tragédia do início ao fim do livro.

Resumindo: o livro demora a cativar o leitor, mas depois de umas 200 páginas você se prende a ele e só larga quando se dá conta de que o livro acabou. Dei três estrelinhas no Skoob pela qualidade narrativa da Rowling e por ter me entretido bastante lendo Morte Súbita

Assistam à resenha em vídeo no canal do Youtube Não Sou Crítico Literário.