Quantas vezes em sua vida você já pensou em desistir de alguma coisa? E quantas coisas você de fato desistiu?

Desistir por vezes é tomar o caminho mais fácil para superar alguma dificuldade imediata ou a longo prazo. Mas também pode ser um caminho mais difícil, desistir de algo por alguém.

Sem contar que quando fazemos uma escolha, desistimos da alternativa que não foi escolhida, até porque para se escolher uma coisa, abrimos mão de outro, ou senão viveríamos numa eterna dúvida.

O pior caso de desitência é a que vem antes do tentar, o famoso pensamento derrotista (desse assunto eu entendo), muitas vezes chamado também de pessimismo, porém pessimismo é uma área muito mais abrangente do que o derrotismo. O derrotista não tenta nada, porque em sua cabeça ele sabe que não vai conseguir e nem tenta por isso. Eu mesmo nunca xavequei uma menina nas festas pois na minha linda cabeça eu tomaria um não, e para uma pessoa tímida, tomar um não é como tomar cianureto fervendo adoçado com caco de vidro.

Então, na maioria dos casos é melhor desistir de desisitir e tomar as rédeas da situação, não fique tão agarrado ao conforto da sua rotina, tentar coisas novas é bom, assim como quem sempre muda, tentar criar uma rotina também é bom. Tudo nessa vida se trata de equilíbrio e alcançá-lo não é difícil, só é trabalhoso.

Obs: Hoje eu quase desiti desse projeto.