Alô, garotada!
Finalmente blogando aqui de verdade. :D
Aproveitando o ensejo de seu recente lançamento do novo álbum, vim aqui para falar de uma cantora e compositora que eu admiro muito: Avril Lavigne.
Ela é canadense, tem 26 anos (27/09/1984) e é considerada a Princesa do Pop Punk (seja lá o que isso signifique…).
Avril surgiu nas paradas em 2002 (lembro como se fosse ontem), quando lançou seu 1º disco, o “Let Go”, e estourou com a música-chiclete “Sk8er Boi” (até então eu não sabia como escrever esse título, e tive que ver na Wiki :P), seguidas pelas ótimas “Complicated”, “Losing Grip” e “I’m With You”.
Em 2004, o segundo disco, “Under my Skin”, e o 1º single deste era a romântica “Don’t Tell Me”, acompanhadas da excelente “My Happy Ending”, e “Nobody’s Home” e “He Wasn’t” vieram depois. Também curto “Fall to Pieces”.
Em 2006 nossa querida Avrilzinha contraiu matrimônio (não é à toa que dizendo assim parece uma doença, de qualquer forma) com Deryck Whibley, vocalista da banda Sum 41, mas divorciou-se do mesmo, três anos depois, em 2009.
Voltando à carreira, em 2007, Avril lança “The Best Damn Thing”, e o primeiro single era “Girlfriend” que tem uma ótima batida (a versão na qual ela faz dueto com Lil’ Mama é ainda mais dançante). O álbum ainda tem a tristíssima “When You’re Gone”, a pra mim melancólica “Hot” e por fim, a canção-título do disco, “The Best Damn Thing”, que também é ótima mesmo sendo parecidíssima com “Girlfriend”.
Ano passado Avril gravou “Alice”, canção-tema do filme “Alice no País das Maravilhas”, da Disney em parceria com o mítico Tim Burton. No álbum lançado em abril passado, “Goodbye Lullaby”, a música ganhou uma versão extendida bem boladinha. Ainda sobre “GL”, o primeiro single é a baladinha “What The Hell”. Eu também curto “Stop Standing Here”, “Not Enough”, “Remember When”, “I Love You” e  “Smile” (ou seja, praticamente o CD todo). Ah! E tem “Blackstar”, que é o jingle do perfume homônimo lançado por ela em 2009 e que foi incluída no álbum. Apesar de ter menos de 2 minutos de duração, acho ela linda!
Além de bonita e talentosa, Avril também é filantropa, e no ano passado criou a The Avril Lavigne Foundation R.O.C.K.S, uma fundação para amparar crianças e adolescentes com qualquer tipo de deficiência.
Agora, clipes para assistir (pode clicar sem medo porque vai abrir numa nova aba, tá?):
Para ouvir e sonhar:
Avril glamurosa, Princesa do Pop Punk, poposuda e poderosa.
.
.
P.S. Será que alguém lê o que eu escrevo? ._.