Escuridão.

Mesmo não vendo nada, alguém segura minha mão.

Com a luz vem a cegueira e a reabilitação.

Meu mundo que era estreito agora é uma imensidão.

Com os atos incertos algumas horas acertamos e outras não.

Muitas coisas no percurso são permanentes, porém algumas são decoração.

Conquistamos nossas metas, mas é só o começo da competição.

Maravilhas que poucos podem ter, usufruo sem moderação.

Ciente do tempo que passa, chamo outro para a missão.

Mesmo assim o tempo passa, a voz fica escassa e eu volto para casa.

Escuridão.