Runaways, o filme, é que nem um show de abertura, não tinha a menor obrigação de ser bom, mas se fosse agradeceríamos. Tendo como principais atrações Dakota Fanning no Papel da Cherrie Bomb!!!, e Kristen Stewart (no melhor papel de sua vida) na pele de Joan Jett, o filme demonstra potencial em certos momentos, mas não engrena.

O problema é que o mojo do filme, o Rock n Roll, não é tão explorado sabe. O que parece, é que a banda Runaways fez sucesso na esquina, e por acaso foi parar no Japão, e com certeza as coisas não foram bem assim. Creio eu, que não sou um conhecedor profundo da banda que ela deveria abrigar estórias bem mais interessantes, e essa coisa de transformar Cherrie numa filhinha do papai, que curtiu umas aventuras com uma banda só com garotas, por acaso a primeira delas, falta algo.

E o lance de dar alma apenas a Cherrie e e Joan, e esquecer as outras integrantes da banda achei uma furada também. Saiba que Runaways já abriu shows para Cheap Trick, Tom Petty and the Heartbreakers and Van Halen sem falar nos Ramones, só para começar, e o filme é tão raso, que um fatos tão importantes, são completamente ignorados. Outra coisa não explorada, que faria até bem a geração mp3 ver, seria a arte das capas de vinis, e porque não replicar as sessões de fotos, que eu creio devem ter sido bem divertidas, mas nem sequer uma capa de disco aparece no filme. É lastimável.

E segundo o filme o Runaways começou sua vida profissional com Cherrie, o que não é verdade, Joan Jett liderou o grupo como Power Trio. E outra é que o grupo teria começado e acabado com o produtor Kim Fowley, sem sequer citar Now… The Runaways, realizado por outro produtor.

O que vale no fim das contas é ver Kristen Stewart fazendo uma lesbian (o que não é difícil sendo a mesma par do Vampiro Edward) e tough girl que como diz uma música das próprias Runaways, quer estar onde os caras estão, empunhando sua guitarra e usando casacos pretos de couro e dando pegas numas gatinhas, e claro, Dakota Fanning, que se precisavam de uma atriz que soubesse gritar, ninguém melhor que ela para interpretar a Cherrie Currie.

Se a intenção do filme era fazer as pessoas se interessarem pela banda, acho que conseguiu, vale duas estrelas para Dakota e Kristen, o resto ficou como pano de fundo. Infelizmente.

Direção: Floria Sigismondi
Roteiro: Floria Sigismondi
Elenco: Alia Shawkat (Micki Steele), Scout Taylor-Compton, Michael Shannon, Kristen Stewart (Joan Jett), Dakota Fanning (Cheri Currie), Riley Keough (Marie Currie)

[starreview tpl=16]