Para não deixar o blog parado, vamos as punhetolazinhas.

1) Domingo que passou eu fui para o Thermas dos Laranjais, que fica na distante cidade de Olímpia. Distante da minha, claro. O dia anterior fez um calor do cão, no domingo fez calor mas com muito vento. Resultado: gripe e garganta ruim. Garganta ruim é excelente para quem tem a voz como principal instrumento de trabalho.

2) Ainda sobre o Thermas: lá vi muita, mas muita mulher bonita mesmo. E gostosas, com seus biqunis pequenos e corpos exuberantes e seus defeitos que tornam tudo maravilhos. Mas nenhuma mulher conseguiu bater, no quesito corpo, uma respeitosa mãe que parecia ter corpo de 15 anos, só que turbinado. Não tirei foto porque não queria ter confusão com segurança (marido) que a acompanhava o tempo todo.

3) O blog e o podcast estão parados, mas tem explicação: quem mais escreve neste blog sou eu e o Michel. E ambos estão com um problema criativo. E ambos estão atolados de trabalho. Então, quando pretendemos escrever algo, mistura cansaço com bloqueio. Já no caso do podcast, é a falta de tempo  útil e atraso nas gravações. Eu poderia lançar agora, mas estou terminando de editar, quero algo legal.

4) Até conseguirmos arrumar nossos horários, vai atrasar mesmo. Mas é melhor atrasar e sair um programa decente do que lançar um nas coxas, não acha. Além do mais, não recebemos nenhum email seus sobre o programa anterior.

5) Aproveitando que estamos falando de podcast: voltou, para a minha felicidade, o Discofonia. Na minha humilde opinião é o melhor podcast musical que há e também foi o primeiro que comecei a ouvir. Toda divulgação é válida.

6) E ainda no campo da música, só quero falar que eu vou no Festival Planeta Terra. E a Rebeca vai me acompanhar. Se alguem que lê este blog também vai, avisa aí.

7) Um lançamento nacional que recomendo: Nina Becker. Se o nome interessou, pesquise. Vale a pena. Alias, é ela que está lá na imagem em miniatura deste post.