Olá pessoal, tanto tempo sem um Top 5,5 que venho trazer de volta à tona nossas listinhas. Nessa listinha você encontra biscoitos gostosos (ou não) que marcaram de alguma forma minha vida.


5 – Oreo
: Foi bom enquanto durou, aqui no Brasil eles tiveram pouco tempo de vida, mas deixou muita saudade da “casquinha fininha de com recheio de baunilha”. Segundo os fabricantes era o biscoito mais consumido no mundo, duvido, mas era muito gostoso mesmo. Vinha inicialmente em uma embalagem de caixinha, sendo o plástico envoltório transparente, o que dava um visual cool. Sobrou como consolo o negresco, que hoje em dia está próximo da casquinha maravilhosa, mas ainda sem sucesso.



4 – Roladinho Goiabinha
: Clássico da hora da merenda, marcou uma época. Não sei quando começou a produção, mas nos anos 80 todos comiam. Andou um pouco sumido do mercado mas recentemente voltou com força, devido aos concorrentes terem enxergado no doce com cara de biscoito de feira um bom produto, inclusive, lançando novos sabores.


3 – Mirabel
: Esse pequenino waffer, também um clássico das merendas, era perfeito tanto no sabor quanto na textura. As mães adoravam, pois era na medida para colocar nas lancheiras sem estragar. Nunca gostei do de morango, mas o de chocolate lembro perfeitamente do gosto. Minha infância foi mais feliz por conta das tardes regadas à whiski e caviar Mirabel e nescau.

2 – Trakinas chocolate: Este foi uma paixão adolescente, foi uma bem-vinda novidade no mercado, o recheio tinha uma textura que beirava o chocolate em barra. Era tão bom que amigos meus tinham ritual para comer: Casca, recheio, casca. Todos separados. Marcou também, porque era um biscoito delicioso e barato, me lembro na época do meu primeiro emprego, ainda jovenzinho, entrei no supermercado e comprei 10 Trakinas por R$4,80, o estoque da semana já estava garantido. Hoje em dia não tem nem metade da magia que possuía, mas ainda tem seu charme.


1 – Creme Sandwich Chocolate: Esse é um amor para a vida inteira, uma combinação bombástica de chocolate e malte. Não sabia que o nome do biscoito era esse, mas ele é uma maravilha principalmente quando acompanhado de um copo de leite puro geladinho, é o manjar dos deuses. O sabor do malte deixa sua língua impregnada de um gosto mágico (além de preta) que só comendo para saber. Recentemente fiz uma importação para Laranjeiras do Sul e uma senhorita muito linda aprovou.

5,5 Bônus track (ou snack)Waffer piraquê de queijo parmesão: OMFG o que era isso? uma mistura de chulé com com rato morto, isso só pra falar do cheiro, o sabor forte anestesiava a língua e deixava um gosto estranho na garganta, sem contar que seus dentes ficavam lindamente amarelos com o bolo q se formava na boca. Muitos amiguinhos meus na época provaram o biscoito por curiosidade e como grandes desbravadores se aventuraram por águas nunca dantes navegadas e morreram antes de chegar na ilha dos prazeres. Um pequeno trauma gastronômico que eu tenho que reside ao lado de giló, quiabo e beringela.

Obs: Creio que sou um consumidor compulsivo da piraquê, ou era pelo menos.