A morte do Michael Jackson foi tão comentada que até enjoou. Vários “especiais” e “homenagens” ao único cara que sabia como andar para trás. E eu vi de quase tudo, até pessoas alegando que ele não morreu. Dizem até que tem fotos dele após três dias da sua morte. Dizem, pois não mostram nada.

Claro que ele não morreu. Está vivo e dividindo apartamento com Elvis.

***

Navegando a toa na internet, achei chegando no blog do Daniel Lafayette. Simplesmente sensacional.

tirinha-encontro

***

Aconteceu recentemente uma lição de moral no twitter. Algumas pseudo-celebridades que nem vale a pena comentar aqui tentaram criar um #forasarney. Objetivo: fazer com que o #forasarney ficasse em primeiro lugar no Trending Topics. O Trending Topics, ou TT, mostra os 10 assuntos mais em voga no twitter. Pois bem, esse pessoal até que estavam conseguindo, já estavam até em segundo lugar… até que pediram a ajuda do ator Ashton Kutcher. E levaram uma senhora lição de moral cívica.

Não sei o que é pior: um bando de pseudo-celebridades que se acham os revolucionários, comprando seus livros revolucionários com cartão de crédito, ou levar lição de moral de um ator que fez um filme chamado Cara, Cadê meu Carro?

***

Você sabe responder onde termina o pornográfico e começa o nu artístico? Já me disseram que depende do ponto de vista, mas não sei. Quer arriscar responder, acesse YUHMM Magazine. Em inglês e só para maiores de 18 anos.

***

E para finalizar: a pior parte de uma ressaca não é a dor de cabeça, não é a sede, não é a moleza… e sim o gosto de ferrugem que fica na boca.