Guia do Mochileiro das Galáxias

25 de maio é o Dia da Toalha. É uma homenagem a Douglas Adams, escrito da série Guia do Mochileiro das Galáxias. Mas por que toalha? Como fiquei com certa preguiça de transcrever aqui o trecho do livro que fala sobre isso, recorri a Wikipédia (e verifiquei antes, para conferir a veracidade):

A ficção de O Guia do Mochileiro das Galáxias, de Douglas Adams, descreve uma toalha (do tipo usado para se enxugar) como uma das coisas mais úteis para um Mochileiro das Galáxias. Pode ser usada para se proteger do frio, da chuva, ser amarrada na forma de venda nos olhos no caso de precisar evitar olhar para algo, como uma grande altura ou uma Terrível Besta de Traal (um animal estonteantemente burro, que acha que, se você não pode vê-lo, ele também não pode ver você – estúpido feito uma anta, mas muito, muito voraz); pode também ser usada para evitar contato com o chão durante a noite, caso queira ou precise dormir ao relento e pode ser usada para se secar após um banho se estiver seca e limpa o suficiente.

Como podem ver, o dia 25 de maio é uma homenagem ao autor, relacionada a data de falecimento do mesmo. A toalha foi escolhida como simbolo-mor devido a sua importância na série.

O problema reside é que pegaram essa data e transformaram no famigerado Dia do Orgulho Nerd. E isso, na minha humilde opinião, é um erro. Pois “ser nerd” virou moda. Tanto que agora qualquer pessoa pode ser taxada de nerd. Quer apostar? Hoje, qualquer pessoa que tenha um conhecimento um pouco além do básico em tecnologia já é taxada de nerd. Depois do sucesso da trilogia Senhor dos Anéis, qualquer um que goste de história medieval já é taxado de nerd.

Se eu dizer que gosto de futebol, isso não me faz esportista. Saber cozinhar não me transforma em chef. Diferenciar uma obra de Picasso e Van Gogh não me faz especialista em arte.

As pessoas precisam aprender que ser nerd não é uma moda e sim um estilo de vida. Um estilo que a mídia fez o favor de tornar confuso, pois ela precisava urgentemente catalogar o público-alvo de várias coisas que estavam sendo lançada. Hoje o legal é ser nerd. E amanhã, o que será? Qual será a moda que vai deixar o nerd de lado?

Prefiro considerar o 25 de maio como um dia em homenagem ao escritor Douglas Adams e sua série de livros sensacionais e divertidos do que considerar como sendo uma data de orgulho da moda do momento.