Quem acompanha o Blablaismo já sabe que este blog não consegue ficar quieto. É aquela péssima mania de achar que faz sucesso. Tem trocentas “celebridades” desse jeito. E o Blablaismo está entre elas.

E por se achar grande, fica em constante mudanças. Talvez porque seu dono seja desequilibrado, talvez seja por um constante sentimento de não-está-bom-ainda. Ou talvez por achar que tem o rei na barriga. Não sei dizer. Acho que o fato de que em breve participarei de um condomínio de blogs deve ter contribuído para que esse rei que mora em minha barriga achar que é a última bolacha do pacote ou a última esperança da Rebelião. Ou o único que pode deter o Sylar.

O blog tem renda zero. Isso mesmo. Não rende nada. Os mais atenciosos já devem ter percebido que não tem adsense nas laterais ou entre os textos. Tem o hotwords, mas ele também não rende nada. Amo tanto este blog, amo tanto o ato de blogar, que não me incomoda isso. Claro que seria excelente ganhar alguns trocados, mas como isso não acontece ainda, vou sofrendo assim mesmo.

Graças ao blog, conheci blogueiros e blogueiras. Todos excelentes. Com alguns, troco confidências. Com outros, apenas conversas amenas. Não vou citar nomes, não se faz necessário. O blog tem sido uma excelente ferramenta para eu ter amizades virtuais, que um dia espero que sejam amizades reais. Pena que a maioria que eu conheço estão, no minimo, 200km de distância. Alias, cabe aqui um fato curioso: nunca encontrei um blogueiro que também seja de Rio Claro. Tirando o Arthur, que escreve neste blog eventualmente. Se você é também é de Rio Claro, SP, entre em contato.

O blog consegue ficar em meu pensamento 24 horas por dia, 7 dias por semana. Sempre penso em algo que poderia fazer, um post para escrever, um modo de conseguir mais acessos, um modo de tentar agradar tanto a minha pessoa quanto a vocês. Praticamente transpiro essa bagaça aqui.

Essa enrolação, e desabafo, todo é só para dizer que pequenas mudanças estão ocorrendo. Já mudei o sistema de comentários. É possível dar reply nos comentários. Ou seja, caso você deixe uma pergunta, pode ter certeza que responderemos. Só que responderemos lá.

Outra mudança são as laterais. Agora as duas ficam coladinhas e o texto fica no canto. Assim facilita você de ver todas as opções das laterais. Antes parecia um cimento entre dois tijolos. Agora parece… ahn… parece… bem, tiraram o cimento do meio e colocaram em cima. Ou jogaram no chão. Não consigo pensar numa comparação melhor.

E também teremos mudanças no layout. Uma ou duas, não sei direito. P***a, você só muda essa porcaria! Pára um pouco, catzo! Eu sei, eu sei… mas tenha paciência, por favor. As mudanças são para deixar melhor e quem sabe atrair mais pessoas.

Bem, era só isso que eu tinha para dizer. Depois de reler isso, percebi que dava para resumir na seguinte frase: estamos em reformas para melhor atendê-lo. Mas resumir assim não seria o modo blablaistico de ser. Ou seria?