É sempre assim. Já virou tradição. Quando parece que finalmente vamos viver sem, surge uma nova edição do famigerado Big Brother Brasil. Esse programa já está se mostrando um verdadeiro Highlander!

Mas como não dá para fugir, o jeito é enfrentar. Certo? Errado!

Faça como eu: não assista. Só acompanhei a distante 1º edição porque era novidade. Depois, besteira. É um programa chato, sem graça e mostra o quanto os responsáveis por edição de imagem podem ser sacanas.

E alguem ainda cai nesse papinho furado de que os participantes foram escolhidos atráves de cartas, vídeos e afins? Se você acredita, recomendo que faça uma visitinha básica neste post do Tio Punk.

Eu só sei quem foram as mulheres que participaram quando eu vejo uma capa da Playboy. Só. Afinal, é para isso que o BBB serve. Poderiamos fazer um bolão, não acham? Qual delas vai ser peladinha da silva primeiro?


(Essa Jaqueline me lembra a Gisele Itié. Mas não tão froooxo, claro.)